sexta-feira, 23 de maio de 2008

Labirintite


A pessoa consegue manter o equilíbrio porque seu cérebro recebe um conjunto de informações que processa para definir qual é a posição dela no espaço. Quais são essas informações? São informações táteis, essas percebidas pela pele e que chegam através dos músculos e articulações, as óticas (por isso quando fechamos os olhos podemos perder a noção do equilíbrio) e as auditivas que vêm através dos sons.Para entender melhor o que é labirintite, uma doença que pode comprometer o equilíbrio, é preciso conhecer um pouco a anatomia do ouvido interno, atrás da membrana do tímpano. Ele é constituído pela cóclea, uma estrutura enovelada semelhante a um caracol que contém as terminações do nervo auditivo, e por três canais semicirculares. Logo abaixo deles está o vestíbulo. Todas as células que revestem essas estruturas têm a característica de receber as ondas sonoras que fazem vibrar o tímpano e, identificando essas vibrações, transformá-las em estímulo nervoso, em sinal elétrico que através do nervo auditivo alcança o cérebro onde são decodificados os impulsos recebidos.Quando essas estruturas sofrem processos inflamatórios, infecciosos, destruições ou compressões mecânicas podem provocar os sintomas próprios da labirintite.


Sintomas

A labirintite é uma doença que pode acometer tanto o equilíbrio quanto a parte auditiva. Os órgãos responsáveis pelo equilíbrio e pela audição estão situados dentro do ouvido interno e se comunicam com o sistema nervoso central através dos nervos da audição e do nervo vestibular. Doenças infecciosas, inflamatórias, tumorais e mesmo alterações genéticas podem ocasionar alterações nessas estruturas anatômicas. Essas patologias podem provocar sintomas como vertigem e tonturas.

Dúvidas freqüentes:

Qual é a diferença entre vertigem e tontura? Vertigem vem do latim “vertere” e quer dizer rodar. A definição clássica de vertigem é alucinação do movimento. Tontura admite outras definições. O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.

Quais sintomas diferenciam a crise de labirintite da tontura comum que a pessoa sente porque se alimentou mal, por exemplo?
Na vertigem, o indivíduo vê os objetos do ambiente rodarem ao seu redor ou seu corpo rodar em relação ao ambiente. Pode parecer a mesma coisa, mas não é. São duas manifestações diferentes. Uma é subjetiva e a outra, objetiva. Esses sintomas, associados ou não a náuseas, vômitos, sudorese caracterizam a crise labiríntica típica. Sentir-se mal e ter a sensação de desmaio podem ser sintomas de hipoglicemia, de hipotensão ou de uma síncope e nada têm a ver com o labirinto. É o caso do indivíduo que vai à igreja sem comer, fica sentado muito tempo na mesma posição, tem uma queda nos níveis de açúcar e sente-se mal, com náusea.

Além de sentir as coisas girarem, que outras características tem a labirintite?
Além da vertigem, a labirintite pode apresentar manifestações neurovegetativas, ou seja, na fase aguda a doença pode ser acompanhada por náuseas, vômitos, sudorese e até por alterações gastrintestinais. Ela pode também estar associada a manifestações auditivas, como perda de audição, sensação de plenitude auditiva (sensação de ouvido cheio ou tapado), zumbido. Trata-se de manifestações audiovestibulares que podem acompanhar a crise de vertigem, embora nem isso nem o inverso sempre aconteçam.No entanto, existem quadros completos que ocorrem, por exemplo, na Síndrome de Ménière, uma doença comum cujas principais características são crise vertiginosa acompanhada de surdez flutuante, zumbido e alterações neurovegetativas, como náuseas, vômitos, mal-estar e diarréia, que impedem o paciente de locomover-se, de movimentar-se.

Labirintite em criança existe, mas é pouco freqüente. ual a relação entre labirintite e idade?
A labirintite incide mais na idade adulta a partir dos 40 ou 50 anos, decorrente de alterações metabólicas e vasculares. Níveis aumentados de colesterol, triglicérides e ácido úrico podem acarretar alterações dentro das artérias, alterações essas que diminuem a quantidade de sangue nas áreas do cérebro e do labirinto.

Como agem os medicamentos usados para tratar labirintite?
Há vários tipos de medicamentos. Há os vasodilatadores que facilitam a circulação sangüínea porque melhoram o calibre dos vasos muitas vezes reduzido pelas placas de ateromas. Existem os labirinto-supressores, drogas que suprimem a tontura através de sua ação no sistema nervoso. Existem, ainda, aqueles que atuam sobre outros sintomas, suprimindo a náusea, o vômito e o mal-estar.

Sem tratamento, quanto tempo a crise costuma durar?
Depende do tipo da doença. A fase aguda pode durar de minutos ou horas a dias conforme a intensidade da crise. Geralmente na doença de Ménière, caracterizada por vertigem com náuseas, vômitos, perda auditiva e zumbido, é necessário sedar o paciente, porque na maior parte das vezes a crise é desencadeada pelo estresse. Nesse caso, elas podem ser mensais, anuais ou desaparecerem por dois ou três anos.

As crises podem ter alguma relação com a prática de exercícios físicos?
O exercício físico provoca um desgaste, pois queima muitas calorias. Se a pessoa fizer exercício sem um preparo prévio adequado, por exemplo, sem ingerir alimentos que mantenham a taxa de glicose no sangue em bom nível, em decorrência da hipoglicemia pode ter queda de pressão, alterações no sistema vestibular, tontura, mal-estar e desequilíbrio.

A pessoa que tem crises com determinada freqüência, além de tomar remédios, o que deve fazer para evitá-las?
Geralmente a pessoa sabe quais são os fatores que desencadeiam suas crises. Ela se mantém em equilíbrio por informações que partem do labirinto e vão para o cérebro. São informações visuais, táteis ou que partem de seus músculos e articulações. Quando ocorre uma informação errada no cérebro, o indivíduo tem tontura, tem vertigem. Às vezes, são fatores visuais. Há pacientes que não podem ver objetos em movimento, nem mesmo a movimentação das imagens na televisão ou na tela do computador.

30 comentários:

penha gv hot mail .com disse...

tive uma seria crise de lbirintite no domingo pela primeira vez ,foi horrivel tive a sessaçaõ q era um derrame nauseas formigamento suor palides e naõ consseguia andar.ate hoje estou meio tonta e naõ conssigo ainda ficar firme mesmo .oq devo fazer ?q medico devo procurar uma vez q sou tbem hipertença.

Adriana Zanoto disse...

Boa Tarde,

Tive umatontura forte,mas que parecia estar dentro da cabeça mesmo,durando cada uma uns 3 segundos ou 4,no máximo.
Isso acontece quando eu sento,deito ou levanto.
No mais,fico tranquila.
Será que estou com labirintite?
Nunca fui de ir à médicos,dificilmente tomo remédios ,só chás ,mas,desta vez fiquei preocupada e procurei saber mais do assunto,caindo aqui neste blog.
QUal tipo de médico devo procurar para fazer o diagnóstico?
Minha pressão é baixa.
Mas senti sintomas,além da tontura,suadeira nas mãos e fiquei com medo de algo mais sério.
Se estou deitada em uma posição,quando me viro ,vem a tontura dentro da cabeça.
Nada gira ao meu redor,o que gira é dentro da cabeça...mas,como falei,dura uns 3 segundos.
Aqui aonde moro,Guarujá,pra marcar consulta é uma loucura e só consegui para semana que vem.
Vc acha que devo ir a um hospital ou posso esperar até a consulta?
E o que eu posso fazer até lá?
Cuidados,alimentação....
Desculpa o enorme comentário mas é que como nunca me preocupo com nada,e dessa vez me preocupei,resolvi escrever.
Agradeço desde ja:
drizanoto@yahoo.com.br

Adriana

Anônimo disse...

Bom dia! Há dois dias tenho sentido uma tontura, isso acontece quando estou no Çonibus lotado. Não aguentoficar em pé. Minha gargata está inflamada e minhas glândulas também.Meu ouvido fica dolorido e atualmente estou passando por várias situações de stress na minha vida,incluindoum fim de relacionamento.Ando anciosa por tudo.Estou tomando medicamento cefalexina 500mg e umxarope para renite alérgica.

r.ute.silva@hotmail.com

Anônimo disse...

Celia
olá meu nome é Célia tenho labirintites á muito anos e agora está acontecendo no prazo frequente, e passo muito mal fiko internada,e até agora ninguem me diz realmnte o que fazer pr isto melhorar ou um remedio que ajude a diminuir as crises, caso alguem tenha o mesmo problema que eu por favor me responda, obrigado.
celiarls@hotmail.com

Anônimo disse...

gostaria de saber qual o nomes dos alimentos que não devem ser consumidos para não ter crises de labirintite?

Antonio Abel disse...

Tenho crises constantes de labirintite. Pergunto, voces poderiam informar um medicamento fitoterapico? ou chás caseiros. Já tomei varios medicamnetos receitados pelo otorrino e melhora e volta as tontuiras.

Marcela disse...

Boa trade !
Ultimamente ,tenho tiido várias crises de labirintite .
Nossa é uma sensação horrível ,muiito ruim msmo .
Eu não consgo nem andar sozinha .
Tbm tenho nauseas,e acabao "vomitando" perdão da palvara .
Ja procurei o médico uma vez,e relatei os sintomas,mais ele não me deu
nehum diagnóstico,apenas ,me disse para procurar uma Otorrinolarigologista.
E confesse q ignorei,tendo em vista que não imaginava ,q uma inflamação no ouvido poderia
me causar tanto desconforto .
E agora o que eu faço ?
Posso comer qualqre tipo de alimento ?
Por favor me ajudem !
Obrigado !

RÔMULO DUARTE disse...

Bom dia,

Sou o Rômulo Duarte, e tive uma crisede labirintite à muitos anos atraz, ontem (domingo) infelizmente passei novamente por esta horrivel experieência, só que desta ve^z acompanhada por muito vômito, lendo em alkguns sites à respeito contatei que este queadro é de labirintite, na primeira vês que tive procurei um otorrio e ele me receito o VERTIX, o que tenho sempre comigo mas não echei que ele tenha resolvido o problema, pois continuo tonto, se alguém puder me ajudar me responda POR FAVOR.

alfaiaduarte2003@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Algumas vezes tenho tonturas ,parece que tudo ao meu redor gira,nao consigo olhar para claridade,e até mesmo esqueço que estava fazendo,da um branco,as pessoas podem conversar comigo que eu não entendo o que elas dizem,quando tenho essas crises é horrivel e demora um pouco pra eu voltar o que eu estava fazendo,será que tenho labirintite?

Franklin disse...

Ola... vivo em California e hoje faz 9 dias que estou muito mal, mais por fim fui enformado por um especialista que tenho talves labirintite,fiquei tonto e com ansia de vomito no sabado, nodomingo nao pude levantar da cama, na segunda vi uma medica que me disse que nao era nada serio e que poderia ir para casa, no dia seguinte a minha esposa me levou de emergencia para um ospital, passei o dia inteiro fizeram muitos exames de sangue e radiograma da cabeca e nao acusou nada, voltei pra casa e pasei muito mal, pasaram antibioticos e muitos remedios para enjou e tontura, ontem e hoje estou melhor e um especialista de ouvidos me disse que pode ser a labirintites, passou uma semana de asteroides, e que eu volte na proxima semana para revisar o meu ouvido, nao estou escutando nada do lado esquerdo, absolutamente nada, queria saber se tem alguns alimentos que nao sao recomendados a nao comer quando esta com esses sintomas, se alguem puder ajudar eu agradeco muito.
rocha3107@hotmail.com

roni disse...

Olá,tenho sentido zunidos na cabeça o tempo todo, dores pelo corpo principalmente nos braços pernas e costas, sintomas gastro intestinais,tonturas vertigens e sonolência falta de ar e instabilidade de movimentos sintomas na língua as vezes como se tivesse anestesiada opressão no peito e irritação na garganta ,gostaria de saber quais as formas de tratar isso, pois ja passei no clinico tomei remédio para labirintite por 20 dias e até agora nada mudou, passei por alguns momentos de stress e também no meu trabalho as maquinas de marcenaria são muito barulhentas não sei se tem algo a ver , tomei também alguns remédios fortes por conta de uma pneumoconiose tipo amoxilina com clavulanato nimesulida cefalexicina e alguns xaropes para tosse seca ,omeprazol não sei mais o que faço nem o que pensar ,por favor me ajudem obrigado ,tenho 38 anos peso 72 kilos e 178 alt ,queria saber se existe tratamento natural para isso através de plantas
email,ronivaldo.souza@yahoo.com.br

The Flash disse...

Estou com uma diarréia desde de sexta(26/3) e ate hoje(7/4) não passou, sendo que não é uma simples diarréia estou me sentindo com muito mal estar e com tonteiras regularmente, tomei antibiotico (ciprobiot)por 10 dias e nada aconteceu, tomei floratil por 10 dias tambem sem resultados, a minha duvida se estes são sintomas de labirintite devido a essa tontura?
Grato pela atenção,
Wagner Santos
(rengaw2000@hotmail.com)

Anônimo disse...

Boa noite,
eu tenho labirintite descobri porque me sentia muito tonta mal conseguia andar então fui ao medico.A labirintite é causada por virus ou bacteria,é a consequencia de problemas emocionais como depressão e ansiedade cronica pois eu sofro disso.A minha labirintite ataca quando estou mal emocionalmente ou preoculpada ou ansiosa,tomo varios medicamentos e evito alimentos com cafeínas,evito pimenta,gordura,refrigerantes e chocolate.A ausencia destes alimentos é muito importante para o tratamento também tenho o aconpanhamento de psicologo e psiquiatra para meus ansioliticos.Vcs se cuidem pois essa danadinha não dá mole esta é a hora de vc cuidar da sua saude.eu não passo mais de duas semanas sem ir ao médico.Detalhe quem tem labirintite a pressão pernamece em estado normal e as tonturas são duradouras as dores de cabeças são do nada e fortes!

Anônimo disse...

Tive uma crise de labirintite e durou 30 dias,é normal ou devo procurar o médico? Obrigada
Naiane

livia vitoria disse...

eu tenho 30 anos e tenho sindrome do panico a uns dias atras tive uma forte gripe fiquei com o ouvido tapado e estou com uma leve tontura mas irritante será q posso estar com labirintite ou so mesmo a ansiedade pode estar provocando essa leve tontura mas é irritante
franci_gui26@hotmail.com

Anônimo disse...

Alguem pode me dizer se é comun tontura durar muitos dias, eu já estou com tonrua a 5 dias fui ao médico ele me passou Vertizine D pra tomar 10 dias, estou tomando mais ainda não passou, alguem poderia me dizer se demora muito tempo quando a gente tem tonturas?

Neide disse...

Alguem pode me dizer se é comun tontura durar muitos dias, eu já estou com tontura a 5 dias fui ao médico ele me passou Vertizine D pra tomar 10 dias, estou tomando mais ainda não passou, alguem poderia me dizer se demora muito tempo quando a gente tem tonturas?
neidebranco@hotmail.com

espelho de alma disse...

Li atentamente os comentários aqui inseridos, eu tive o ano passado epla 1ª evz uma crise, ida ao médico, suspeita de sindrome de Meuniére que com exames, foi negativo, entretanto este ano já vou com a crise de hoje na 5ª, pelo que li na net é vertigem, ainda gora apenas de olhar para o tecto estando em pé, tudo rodou à minha volta que se não tivesse o marido ao lado ia ao chão, a crise começo deitada à noite na cama a mudar de posição, é terrível, vou esta semana já ao médico, muito difícil de controlar, fica-se incapacitada.

rosa disse...

Bom dia estou com crise de labirintite já fez 1 mês dia 26 de novembro, só as tonturas ou vertigens , quando deito , levanto da cama e quando viro de lado na cama, parece que tudo gira mas dura alguns segundos e para e quando levanto a cabeça ou abaixo é normal ficar tanto tempo assim ? apesar que eu não estou tomando nehuma medicação pra controlar e alêm disso sou hipertensa.Gostaria que algêm ne respondesse obrigado !

espelho de alma disse...

Aconselho a irem a um médico, pois se encontrarem um bom médico e ele detectar sindrome de meuniére ou síndrome vertiginoso ele receitará o medicamento apropriado, eu recebi injectável logo no hospital e depois em comprimidos durante a duração da crise.
+E terrível e deixa-nos incapacitados!

adri de disse...

Tenho labirintite e tomo medicamentos indicados pelo meu otorrino!
Gostaria de saber se tem algum tipo de exercicio fisico q poderei fazer em casa para ajudar na minha recuperação em relação as tonturas q ainda sinto.
Não saio na rua e evito lugares com muitas pessoas pq ainda passo muito mal.
Meu tratamento é recente, tomo medicamentos apenas a 1 mes.
Obrigado
Se alguem tiver resposta envie para meu e mail adrideoxumdemum@hotmail.com

espelho de alma disse...

Amigos, eu tive várias crises, o meu médico fez-me os testes de postura dinâmica e de videonostomografia e foi confirmado que tenho síndrome vertiginoso, como felizmente desde Dezembro não tive mais crise depois de fazer medicação inectável de betaserc e de comprimidos, agora sei o que evitar, fazer movimentos bruscos ou viragens bruscas de cabeça, baixar-me sempre com a cabeça na vertical e evitar olhar para o cé u com a cabeça toda inclinada para trás e felizmente não voltei a ter mas anda sempre comigo o betaserc.
Espero ter ajudado, mas procurem um médico que vos mande fazer testes. As melhoras a todos.
Ivone

Rosangela Ferreira disse...

Bom dia Dra.Célia! Pela primeira vez tive uma forte vertigem que não consegui levantar da cama. Veio acompanhada de muitos vômitos, formigamento, fala um pouco enrolada e sensação de desmaio. já há algum tempo, meu ouvido esquerdo coça muito. Mas isto é normal para mim, sempre tive este problema pois tenho ouvido descamativo.Sempre que posso vou ao otorrino e faço lavagens. No dia desta crise, fui para o Hospital e lá tomei soro, omeprazol, Dramin e Stugeron. Hoje depois de 1 semana ainda tenho sintomas, tenho que de vez em quando me assentar para não cair, tudo gira. Faço tratamento para Depressão e disturbio de sono já há mais de 20 anos. Tomo Rivotril, Carbolitiun, Valdoxam, Puram T4 88, Propanolol,Corus 25 e ainda em uso do Stugeron e Dramin. Passei tbem há 2 semanas por uma forte crise de depressão. Minha filha não conseguiu passar de ano na escola e tomou bomba...PURA INJUSTIÇA!!!. Depois disto, choro todos os dias e não conforme que isto tenha acontecido com ela. Estive pensando em procurar a minha médica otorrino, mas sei que ela com certeza deve passar os mesmos medicamentos, se não trocar por Vertix que já tenho comigo, mas que o neurologista disse para que tomasse depois do Stugeron. Por isto Dra.Célia, gostaria de saber se a sra. tem algo a me acrescentar? Seria bom fazer algum exame complementar? Aguardo sua resposta e agradeço antecipadamente.
Abraços e Feliz Ano Novo!
Rosangela

romaferi55@uai.com.br

Anônimo disse...

tive uma crise, amenizou mas ainda com pequenas tonturas ao mexer a cabeça, quando andar tonturas tambem, mesmo tomando medicamento, faz 15 dias oque fazer?? ja troquei de medicamento umas 3 vezes e ainda com as tonturas.
manda nesse e-mail
vitimrocha93@hotmail.com

Anônimo disse...

Curei a labirintite tomando água de arroz em jejum,no começo dá ansia de vomito mas na segunda semana já estava melhor do labirinto.

Anônimo disse...

O melhor remédio pra labirintite é VERTIZINE D, bjs

Anônimo disse...

Equitam (iniciante)
Meclin (melhor até agora).

Tratamento: reorientação vestibular

Ademir Augusto Zeferino Augusto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CATEGORIAS disse...

minha mãe diz que tem labirintite, tem as taxas de colesterol e tigliceridios tudo alta e esses dias teve muito stres e amanheceu com muita gastura, tonta e vomitando um líquido amarelado, vc acha que isso pode ser sintomas labirintite?

Carminha disse...

Tem sinusite e muitas dores na cabeça(não de cabeça)parece que o casco da minha cabeça esta queimando
e oco,agora sinto também formigamento,uma sensação de que vou cair a qualquer momento,isso pode ser labirintite causada pela sinuite que já é ccronica?